13 de dez de 2010

Congresso de Educação: mensagem enviada com sucesso

Partilhando partes de um interessante debate.... quem quiser entrar, fique a vontade..

Mensagem Enviada com Sucesso!
 Para:
 "Sonia Kruppa"
Cc:
 cebelchior@yahoo.com.br, elianaramospt@ig.com.br, chnetto@hotmail.com, felixsuzano@hotmail.com, osmarinda.oliveira@ig.com.br, marygs@yahoo.com.br, janeneide@ig.com.br, luiscarlosvl@hotmail.com, celiamar2001@ig.com.br, rofalotico@ig.com.br, mara.vidal@gmail.com, rponasc@uol.com.br, felixpoderosa@hotmail.com
Assunto:
 Re: Re: FW: Congresso da Educação em Suzano - Qual o contexto do protesto? 

 
Companheiras(os)... boa noite..
 
A grande política pública, se dá na prática, sempre ao vivo e a cores. Nosso planejamento e a estratégia de governo considera como elemento importante para aperfeiçoar as ações e o trabalho de cada um, os momentos e os movimentos de participação.

Será um processo desafiador garantir a escolha dos novos coordenadores pedagógicos. Tenho certeza que o processo desencadeado irá garantir, a partir do bom senso da maioria, o melhor momento e as melhores escolhas a serem feitas.
Parabens a todos que estão nesta luta.

Rosenil Barros Orfão

On Seg 13/12/10 00:37 , Sonia Kruppa skruppa@uol.com.br sent:
Caros amigos!

É dificil a batalha e vamos precisar de todos para terminar esse ano! As escolas passam, agora, por um interessante processo de debates sobre seu Projeto Político Pedagógico e decidem, nesta semana, o momento de eleger seus coordenadores educacionais!
Vamos juntos, então!
Abço da Sonia


Em 12/12/2010 23:58, Rosenil < orfao@terra.com.br > escreveu:

Alessandra, concordo contigo e acrescento as seguintes argumentações para a apreciação dos companheiros e para ajudar no debate.

Saudações.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
A política de educação em Suzano passa por um momento, senão definitivo, muito importante em sua história.

O fato de termos um governo que procura criar as condições objetivas  para termos um congresso de educação que possa discutir as políticas de educação para os próximos dez anos em nossa cidade é uma ação, por parte do governo e, por parte dos gestores da política pública de educação, muito ousada, para não dizer muito corajosa.

O congresso ocorreu, diga-se de passagem, como o primeiro congresso em 67 anos de vida de nossa cidade, foi um grande sucesso.

Podemos falar, isto considerando, tanto o conteúdo do debate, como também, por conta da participação dos profissionais que colaboraram com a cidade para construir e aperfeiçoar uma verdadeira política pública de educação.

Este momento foi de grande sucesso para toda a área de ensino e aprendizado em nossa cidade.

Sabemos, todos, que a questão da educação enquanto política em nosso país, é um grande desafio. No estado de São Paulo, este quadro se agrava. Pois  nosso estado é o mais rico da federação e, infelizmente, possui os piores resultados na implementação desta política.

Porém alguns esforços na busca da qualidade na implementação da política pública de educação em algumas cidades de nosso país podem ser observadas.

Um exemplo contundente deste esforço, com relação à postura e determinação de um governo popular, pode ser visitado por todo o país e também por todas as nações de nosso mundo, na cidade de Suzano, Estado de São Paulo, Brasil.

Trata-se de uma política pública que criou as condições e enfrentou todos os desafios necessários para organizar o espaço físico das escolas na cidade.

Infelizmente, durante muito tempo, cerca de trinta anos, a cidade foi comandada por um conjunto de bandoleiros e de homens sem escrúpulos que construíam escolas de madeira nas periferias da cidade, relegando desta maneira, para um tratamento de segunda ou quarta classe as populações da periferia da cidade que tanto necessitam das políticas pública de educação para sua vida.

Além das questões materiais, como a construção de novos prédios, com infra estrutura de qualidade, para nossos alunos e para nossos professores, o governo popular estabeleceu um grande programa de acesso e permanência de crianças na escola. Este programa consiste em aportar as condições materiais para que os filhos das famílias suzanensses possam participar de modo igualitário, do sistema público municipal de ensino.

Estes esforços são conhecidos de toda a população, pois já fazem seis anos que todas as crianças da rede municipal de ensino tem direito ao uniforme escolar, material escolar de qualidade e alimentação escolar. Além da garantia de transporte escolar para as crianças que moram longe de seu lugar de estudo.

Estas conquistas precisam ser consolidadas e aprimoradas em nossa cidade. Para isto o governo popular estabeleceu um grande processo de construção coletiva do plano de carreira, cargos e salários para os profissionais de educação em nosso município.

Esta política de valorização dos profissionais de educação faz parte do pensamento de um governo que se auto orienta  pela legítima consciência de classes existente e determinante nas relações humanas.

Todavia em Suzano existem dois "canceres" que podem postergar a luta do governo popular e de toda a população para consolidar a melhoria do sistema de educação.

Por um lado existe um sindicato "pelego" dos funcionários públicos, que durante mais de trinta anos sequer uma reação esboçou conta os governos reacionários que dominaram esta cidade. Os profissionais da educação, mais de 60% deles, estavam na máquina pública através de contratos emergênciais.

Situação extremamente irregular perante os atos administrativos, mas muitos mais irregulares ainda, por criar situações dentro do quadro público na prestação de serviço da educação com situação de instabilidade e de falta de segurança jurídica para os profissionais de educação em nossa cidade.

Toda esta situação, totalmente inadequada durante mais de trinta anos ocorreu na cidade de Suzano. Neste período nenhum "filho da puta" da educação ligado ao sindicato dos trabalhadores teve a coragem, a ética e o bom senso de criar situações de greve para lutar contra os demandos e a baixa qualidade da política pública existente na cidade neste passado não muito recente.

Com o advento do governo popular que estabeleceu os concurso públicos, garantido ao trabalhador da educação a possibilidade de uma estabilidade e um plano de carreira, vivemos hoje um ambiente totalmente diferente na relação entre trabalhador e governo.

Hoje todos os trabalhadores da educação tem direito à estabilidade e ao plano de cargos e salários. Sabemos que muito ainda tem que avançar na construção da qualidade definitiva para a implementação da política pública de educação.

Mas talvez o mais grave deles, e mais demorado em superar, é a melhoria da qualidade dos profissionais de educação da rede municipal de ensino que ficam muitas horas do dia com nossos filhos em uma sala de aula.

Sei que muitos deles são excelentes profissionais e amáveis professores, todavia, considerando o grau de baixaria e a pouca qualidade política dos representantes da categoria que tentaram , histericamente, atrapalhar o congresso municipal, temos muito a nos preocupar. Não é possível que nossos professores aceitem coordenação e representação de classe tão desqualificada como a que ocorre hoje em nossa cidade e se deu a representar em nosso congresso.

Rosenil Barros Orfão

On Dom 12/12/10 11:45 , Alessandra Felix felixpoderosa@hotmail.com sent:

Dizer que o governo do Partido dos Trabalhadores não quis lutar pela melhoria da educação em nossa cidade, que não brigou e briga até hoje pela implementação de um projeto democrático em Suzano, e vale lembrar,  até pouco tempo estava nas mãos da direita conservadora, que por mais de 30 anos  sucateou  a educação, ah vai pro diabo!

Onde estava o sindicato dos professores nesta época que acabei de citar acima, o que fizeram?

 Porque nunca antes foi feita uma greve pelos profissionais da educação?

Por que não tinha concurso público na cidade?

Porque nunca elegeram  dirigentes que até 2004 rifaram nossa cidade?

Porque  nunca chamaram  os profissionais da educação para debater uma proposta que atendesse as necessidades das nossas crianças, jovens e adultos?

Houve na abertura do Congresso de educação por parte de 2 ou 3 pessoas uma demonstração de um estado de histeria, e é com franqueza que digo, que o que houve foi uma  oportunidade montada de fazer uma manifestação,  para confundir quem participava do fortalecimento da democracia. 

Os profissionais da rede de educação comprometidos e sérios que sabem que temos avançado muito e que muito ainda precisa ser feito, organizaram uma bela atividade,  para debater o plano de educação para os próximos 10 anos. Debates importantíssimos foram realizados, militantes históricos da educação ofereceram um banquete de reflexão para todos e todas que estavam buscando contribuir na construção do projeto  ...

O congresso não teve outro objetivo senão favorecer a participação de nossos profissionais, garantindo voz e vez a todos.

Assim como foi feito debates em toda a rede do Plano de cargos, carreiras e salários, iniciativa do governo municipal, e a maioria dos trabalhadores e trabalhadoras  decidiram  qual seria o conteúdo final do projeto,  que foi aprovado este ano pelo nosso legislativo.

Ora, dizer  que os ataques furiosos  feitos por aqui, por ali  são manifestações democráticas. Eu digo, são apenas manifestações histéricas!

Alessandra Felix

Atualizado em 12/12/2010

Um comentário:

Jair disse...

Salve Rosenil,
Vc. viu que Maravilha! Convocada a 1ª Conferência Nacional sobre Transparência e Participação Social.
Esta será mais uma tarefa que teremos para 2011: Fomentar e organizar a 1a Consocial que terá como um dos objetivos:
Debater e propor ações de promoção da participação da sociedade civil na gestão pública e de fortalecimento da interação entre sociedade e governo.
O legal desta iniciativa/decreto assinada pelo Presidente Lula e que a realização da 1a Consocial será precedida de conferências municipais, regionais e estaduais.
Que venha 2011, já estou prevendo que vai ser um ano muito intenso.

Veja mais sobre a Consocial no post que fiz em meu blog: www.etica-social.blogspot.com

abs,
Jair Pedrosa