13 de dez de 2009

August Thalheimer



O que consta há somente dois livros de August Thalheimer publicados no Brasil, ambos versando sobre temas filosóficos: “Marxismo e Existencialismo”2 e “Introdução ao Materialismo Dialético” 3, este último uma série de seis conferências feitas inicialmente para estudantes chineses da Universidade de Berlim. Alguns outros textos foram divulgados de forma limitada e artesanal. Entre esses se incluem algumas análises sobre o fascismo, sobre os governos operários de transição e sobre a Frente Única – todos em edições mimeografadas e limitadas a círculos da esquerda brasileira.


Tal circunstância explica o virtual desconhecimento do nome de August Thalheimer nos meios acadêmicos brasileiros, não obstante a importância da sua obra para a historiografia do fascismo. Aliás, o interesse na obra de Thalheimer não se prende apenas ao fato de conter subsídios fundamentais para a história do fascismo alemão. Há um interesse teórico mais amplo, considerando que o autor desenvolve uma vertente do pensamento marxista mantida na obscuridade por circunstâncias políticas: em parte porque sofreu diretamente os golpes do fascismo, mas também porque foi estigmatizado pelos diversos dogmatismos que tão fortemente tem assediado o marxismo do nosso tempo. Thalheimer se situa na tradição de Rosa Luxemburgo, Franz Mehring e outros expoentes do socialismo alemão,

por Victor Meyer

clique aqui para acessar: Uma dica de leitura que recebi do meu companheiro Silva, do Instituto Lidas, vale a pena... até porque é gratuito e é de qualidade.


Nenhum comentário: