31 de dez de 2011

31 de dezembro de 2011

Último dia de um ano que marca de modo muito forte nossa vida. Deixamos para trás muitas coisas. Esperamos que muitas outras venham. Parece um passe de mágica. Ao mesmo tempo que tudo termina, instantaneamente, tudo recomeça. Coisas de homo sapiens.

Mas de qualquer modo,
somos assim.
Marcamos o tempo,
contamos os momentos,
Edifício São Vito - SP
lembramos o passado,
temos fé no futuro,
as vezes esquecemos,
um momento de vida,
deixamos o presente.

Mas de qualquer modo,
caminhamos, choramos e cantamos.
Vamos na vida e na morte,
contar o tempo que passa,
marcar nossa presença na estrada,
de uma vida conquistada, em minutos,
de uma odisséia humana e falha,
que constrói e conquista,
sonhos de realidade.

Mas de qualquer modo,
seguimos nossa saga,
na busca frenética de um fim,
de finalidades e sentidos,
de uma razão e de um juízo,
que nos inquieta e nos provoca,
numa dinâmica infinita,
e sem dúvida, continuamos,
pois somos assim, de qualquer modo.

Nenhum comentário: