30 de jul de 2011

Computador velho é bobagem..!!

Perdemos a conta sobre os números, as quantidades e as capacidades dos computadores nos dia atuais. Lembro-me quando adolecente, ia, a mando de minha mãe, à casa lotérica para fazer o jogo da loteria esportiva federal. Era por volta de 1973, existia a casa lotérica Bola Branca na rua 26 de Março no centro de Poá-SP. A rua era pavimentada em paralelepípedo e o movimento na casa lotérica já era grande.

volante de loteria (fonte)
Tratava-se de entregar no balcão um papel chamado "volante de loteria", este papel era perfurado em uma maquininha, onde dois cartões perfuráveis eram colocados. O primeiro cartão era entregue ao cliente e o outro era enviado para o centro de processamento de dados para ser processado.

cartão perfurável (fonte)
Neste tempo a capacidade das máquinas era, para época, algo extraordinário. Um computador IBM 4341, existente nos grandes centros, possuia memória de 2 MB.

O cartão era lido por uma leitora de cartão, uma máquina do tamanho de um frizer de 300 litros. Existia tres pessoas para operar as máquinas. Um operador de console, um operador de fitas magnéticas e um operador de leitora de cartões.

Leitora de cartão IBM 2501 (fonte)




Hoje estas profissões estão extintas e as máquinas são operadas de modo automático. Este computador que utilizo no momento para editar este texto, pesa menos de um quilograma e possui capacidade 100 vezes maior que o IBM 4341.

Nenhum comentário: