11 de jun de 2011

Uma crise fabricada e um tiro pela culatra.

O DAT que deveria chamar PAT, braço podre do Mogi News, jornal que caminha entre a lama e a extorsão, ataca o povo de Suzano e a imagem da cidade, trabalha contra a implantação de um hospital público na cidade, espezinha a saúde pública a anos e agora faz campanha para fechar a Santa Casa de Suzano dá sinais de esquizofrenia e falência múltipla de sua postura jornalística e editorial

Cultuando a mentira por textos e por fotos, abre mão de qualquer postura republicana, etica, moral e de compromisso ao direito de informação correta para as nossas comunidades.

De modo desesperado continua apostando em uma crise fabricada sobre a saúde pública em Suzano e abre mão de cuprir um papel relevante de análise e informação correta sobre tema tão importante.

O prefeito de Suzano já desistiu de passar informação correta para este despresível jornal. Eu também já estou afim de parar de ficar gastando tempo com estes asseclas da desgraça alheia, contudo a população, para ter seus direitos garantidos,  e para que nunca mais na história deste país, venha a tornar-se vítima destes abutres de plantão que sobrevivem, através de chatagens,  "lambendo botas" de setores corruptos da política paulista. Conseguiram fabricar até um presidente na década de 1990. Chega o tempo que terão o que merecem.

Está em pleno andamento um grande movimento de mídia alternativa que garantirá aos verdadeiros profissionais de comunicação e lutadores construtores da democracia, através de novas ferramentas de organização de informações e novas tecnologias de informação, um novo ambiente de comunicação que irá desmascarar empresas como o Mogi News.

Empresas que se utilizam da pseudo identidade de veículos de comunicação, mas na verdade existem para defender seus interesses inconfessáveis pela busca desenfreada de acúmulo de capital e usurpação do patrimômio ético de nossa cidade e de nossos jornalistas, entes que nenhum compromisso possuem com a verdade, sem plano de trabalho e sem coerência em sua identidade editorial. Estão com os dias contados.

Se o Mogi News fosse um jornal sério o mesmo teria coragem de estampar em seu site todos os editoriais que publicou. Mas duvido que tenha a coragem de fazê-lo. Caso o fizesse estaria assinando mais rápido sua sentença de morte.

Nenhum comentário: