2 de mar de 2011

Por uma cidade mais solidária

Hoje por volta de 13h30, fiquei parado um instante no trânsito da Rua Campos Sales sentido Armando Sales de Oliveira, no centro da cidade.

Logo foi possível perceber o motivo da lentidão. Uma ambulância do Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência) estava parada na esquina destas duas ruas prestando socorro a um senhor.

Não foi possível parar para entender um pouco mais o que estava acontecendo. Contudo foi possível perceber que o senhor aparentando 65 anos, uns 80 quilos e mais ou menos 1,80m, cor morena clara , cabelos encaracolados, estava já imobilizado na maca e sendo colocado na ambulância para ser transportado ao hospital ou ao pronto socorro.

Legal perceber o trabalho do SAMU atendendo vítimas de mal súbito em nossa cidade e também vítimas de acidentes de trânsito e outras urgências. Mas foi muito lamentável verificar que alguns motoristas, pelo menos dois, apertavam sem cessar a buzina dos carros de modo extremamente impaciente.

É lógico que ninguem gosta de ficar preso em engarrafamentos, mas no caso de atendimento a uma pessoa que precisou do serviço público, e por conta disto, o trânsito ficou moroso por alguns minutos deveria receber a compreensão de todos.

Espero que nunca estes dois mal educados necessitem serem socorridos na via pública, mas caso isto ocorra, o que será que eles iriam pensar se outros motoristas, desqualificados como eles, começassem a buzinar sem parar?

Realmente precisamos, sim, garantir, que algumas pessoas deixem de ser mal educadas e possam, na grandeza de sua humanidade, contribuir para tornar nossa jóvem cidade mais solidária.

Saudações.

Nenhum comentário: