22 de jul de 2010

Ocupação no Jardim Alterópolis

Estive dialogando com as treze famílias que promovem a ocupação no Jardim Alterópolis. São treze barracos de madeira que na verdade, dentro da ética da resistência do movimento popular, garantem a situação de ocupação por parte das famílias naquele local, mas que por outro lado, coloca todas elas em situação de moradia extremamamente precária e também contrárias à legislação vigente.

Para resolver este problema, a pouco tempo atrás o poder púlbico local utiliza-se, sem pestanejar, das ações judiciais pertinente e a força de polícia contra as famílias.

Hoje esta realidade é diferente. O Governo Popular de Suzano, desde janeiro de 2005, vem dotando o município, em sintonia com o Ministério das Cidades do Governo Lula, de uma verdadeira e eficaz política púlbica de habitação e direito ao espaço urbano com moradia digna.

Por conta disto foi possível estabelecer, a partir da iniciativa dos moradores da área ocupada e da capacidade política do governo, um pacto com as famílias da área, para que, no prazo mais curto possível, consigamos dar um contorno menos grave a estas treze famílias, especificamente.

Garantimos a interlocução, oficial e sistematizada das famílias com a legitimação de uma comissão de moradores e as áreas específicas da política de participação popular do Governo Democrático Municipal.

É uma tarefa difícil, mas dado ao histórico das conquistas já consolidadas, temos certeza que chegaremos a bom termo. O caminho é a apropriação da política e das soluções existentes por parte das famílias. Ao governo cabe facilitar, dentro daquilo que já foi construido de instrumentos legais, as condições objetivas e o apoio adequado às famílias. Vamos todos a luta.

Nenhum comentário: