23 de abr de 2010

Governo Popular Apoia Movimento Sindical Verdadeiro

A cidade de Suzano recebe o congresso da AFUSE (Sindicato dos Funcionários e Servidores da Educação de São Paulo).

Pela primeira vez o Complexo Educacional Mirambava recebe um congresso de trabahadores da educação promovido pela sua representação sindical. São dois dias de intensos trabalhos, onde durante todo este período de 23 e 24 de abril, os congressistas enfrentam o debate e intensos estudos sobre os temas pertinentes da categoria.



Diferentemente da representação sindical dos servidores em Suzano, onde debate de formação profissional, intelectual e política nunca se deu na história desta cidade por parte da agremiação sindical. Neste campo o esforço sempre foi de quem realmente se preocupa com os trabalhadore: o governo popular.

Participar deste momento foi um privilégio e marca na história da cidade a prática do bom sindicalismo. A sintonia com a discussão do modelo de cidade promovido pelo Governo Popular de Suzano e pelo avanços que o Brasil precisa com o Governo Lula é uma marca de cada uma das reflexões encaminhadas.

A presença do Deputado Federal João Paulo Cunha, dos Deputados Estaduais Donisete Braga e Jose de Sousa Cândido fortaleceram ainda mais o evento que contou também com a contribuição do Prefeito do Governo Popular Marcelo Cândido, que juntamente com Rosane Bertoti, secretaria nacional de comunicação da CUT, promoveram um dos pontos fortes deste dia 23 no congresso, ao partilharem um debate sobre a conjuntura nacional, estadual e regional.

Para o segundo dia do congresso os temas Gestão Democratica e Relações Sindicais; Violência nas Escolas; Política Educacional e Tercerização; Saúde do Tabalhador ; e Aposentados e e Organização Regional serão os assuntos que nortearnao os estudos.

17 comentários:

REGINA GOES disse...

KD OS PROFISSIONAIS DA EDUCAÇÃO ???
TBEM NÃO PODEM ENTRAR COMO NA MUSICA DO ZE GERALDO

Pedro disse...

Governo popular?
Se é governo não é popular. Não pinte com cores críticas uma apropriação grotesca do que é realmente popular, secretário. Popular é algo bem diferente. Essa história de 'gestão democrática' é uma farsa, quem tá no poder vai dizer que é democratico, é sempre assim. Popular é a periferia, coisa que vocês, de dentro de suas secretarias e carrões, jamais saberão oque é. Me diga o que você já descentralizou em sua secretaria? Diga só uma coisa! Vocês institucionalizam valores transformando-os em órgãos, de popular vocês não têm nada. Farsantes!

wagner Pereira disse...

Não dá mais pra aguentar tanto populismo. Essa história toda de 'governo popular' é tão ridícula, já vi esse filme antes. Saibam de uma coisa, vocês não são esquerda, não venham com esse papo não. Vocês são governo e assim como qualquer outro, governam para as elites. Nem capitalistas de estado vocês são. A única coisa que importa pra vocês, assim como pra qualquer político, é se manter no poder. Sua única preocupação é com as eleições, nem de esquerda vocês são.

Lucimara disse...

Olhem a foto, os verdadeiros servidores, politizados, críticos e de esquerda estão todos de uniforme. Para o 'governo popular', só quem corrobora com seus absurdos, e até veste sua camisa é que tem valor. Nós apartidáros porque não acreditamos mais nessa lenga lenga, somos todos alienados...

Lourenço disse...

"Governo popular apóia movimento sindical verdadeiro"
Esse é o título dessa postagem. É o 'governo popular' apóia o 'movimento' de fora, o movimento daqui ele ignora e até reprime. E vergonha...

regina goes disse...

perceberam os horarios das postagens???quem realmente trabalha nestas cidade???

regina disse...

ele apaga td hein gente ..o gov popular apaga td q escrevemos...salvemmm

Rosenil disse...

Nossa.... vocês estão muito bravos.... melhor conversarmos mais tarde..... beijinhos..

Mateus disse...

Quem quer conversa com você?
Vai conversar com os seus pares, a elite!

regina goes disse...

sua moral ta baixa hein rosenilll...(fruto de suas ações)...antes eramos eu , o paulo e a nely só...olha só como o movimento cresceu e qta gente metendo a cara...não aparece ninguem aqui p te defender..se eu fosse vc parava p pensar ao invés de ficar apagando os posts

regina goes disse...

ahhhh e de onde saiu a verba p realização deste congresso???do fundeB???da formação de professores???mas kd os professores????na proxima reunião do cons do fundeb estarei lá p questionar....se é q vcs vão saber responder haja visto q nem a sec sonia nem o prefeito souberam responder p a professora Lucia de onde sai o pagamento dos professores...se é dos 60% ou dos 25% da educação...ela mandou irmos nas reuniões do conselho do fundeb...pois bem iremos então p saber tbem q verba foi usada p fazer este congresso de portas fechadas

Durruti disse...

Sou anarquista, mas prefiro o Estevão que pelo menos assume que é um déspota, não fica pagando de 'democráta'...Com ele dá para saber como lidar, com vocês, pseudo esquerda, não.

Anônimo disse...

A repressão anda solta em Suzano, não digam o que pensam, pois o DOI-CODI, digo a "GESTÃO DEMOCRÁTICA" vai atrás de vocês...

nell disse...

é absurdo certos assessores do "governo popular" dá emprego pra ex-mulher na administração municipal pra pagar menos pensão.
ainda faz pose em congresso de sindicato onde um dos temas era terceirização!!!

Regina Góes disse...

mas insistem em dizer q é o governo popular...quem será q pensam q enganam...é mesmo como disse alguem aqui neste espaço FARSANTES
Regina Goes

disse q apaga pq onfedi alguem...Falei a verdade...vc não trabalha ...ganha din publico p ficar escrevendo em blog e twiter..mas como quem acusa tem q provar senão prevarica eu tenho td salvo o q vc postou aqui com os horarios p breve denuncia...e isso não ofensa é FATO

pauloosni disse...

Numa das fotos aparece o nobre deputado José Candido.

Aproveitando a ilustre presença vou colar um artigo a respeito deste respeitadissimo e eficiente político que parasitou em nossa cidade:

"
Faltaram documentos
O deputado estadual José Candido (PT) respondeu à coluna por que a Copa Quilombo não aconteceu, conforme anúncios no site da prefeitura de Suzano e do próprio parlamentar. A entidade parceira CPD Negro Sim, não entregou toda a documentação para o repasse da verba.

Petista quer reaver verba
Candido disse que eram necessários alguns documentos da instituição para receber a emenda parlamentar aprovada na Assembleia. "Não deu para viabilizar a verba, mas vamos nos organizar. Neste ano ainda, quero resgatar essa emenda", garante.

Nardinho pede informações
A 4º Copa Quilombo foi lançada no ano passado e não prosperou. A intenção era reunir mais de 200 atletas do Alto Tietê, ABC e da capital. O vereador Arnaldo Marin Júnior (DEM), o Nardinho, questionou o uso de verbas públicas pela prefeitura para o lançamento do torneio.

Frustração
Em 2006, mais de 58 mil cidadãos paulistas, boa parte com domicílio em Suzano, confiaram ao deputado José de Souza Candido (PT) a missão de representá-los na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo. O contrato, selado com o voto, o incumbiu de trabalhar para tornar concretas as promessas feitas durante a campanha. Três anos depois de eleito, o petista tem um desempenho pífio como parlamentar, frustrando as expectativas de seus eleitores.
Levantamento publicado ontem pelo DAT mostra que, durante o seu primeiro mandato, Candido apresentou 15 proposituras. Para que se estabeleça um comparativo, seu colega de partido Enio Tatto apresentou 91 projetos no mesmo período. Um detalhe importante: José Candido ainda não produziu propostas em 2010.
De qualquer forma, levantamentos quantitativos podem excluir detalhes que a pesquisa qualitativa permitiria observar. Porém, é quando são analisados os detalhes que o trabalho do parlamentar (ou a falta dele) apresenta razões para cobranças rigorosas.
A começar pela bandeira de campanha levantada pelo próprio Candido, a causa ambiental, é notória a falta de atuação. A única ação concreta foi decretar o Dia Estadual da Reserva da Biosfera do Cinturão Verde. "Concreta" deve ser uma palavra relativizada neste caso. Afinal, ainda não se tem notícia de que a lei tenha surtido impacto na preservação e reconstituição das áreas de floresta no entorno da região metropolitana.
José Candido, que alega não produzir mais enquanto deputado devido às restrições sofridas por um político de oposição num governo tucano, perde, até mesmo, oportunidades de ter uma atuação convincente enquanto opositor de José Serra (PSDB). As recentes cheias do Rio Tietê que afetaram, além de bairros da capital, moradores de Itaquaquecetuba são atribuídas em certos aspectos a erros no manejo do Sistema Produtor do Alto Tietê e das barragens controladas pelo governo estadual. A hipótese ainda é investigada por petistas, como o deputado federal Paulo Teixeira. Candido, no entanto, não se mexeu.
Foi também durante o mandato de José Candido que a empreiteira Pajoan conseguiu prolongar o funcionamento de um aterro sanitário em Itaquá cuja capacidade estava esgotada. A mesma empresa está prestes a construir um novo aterro na referida cidade. E o deputando pensa o quê? Parece não se incomodar.
José Candido é um político respeitado, sobretudo no Alto Tietê. É representante de um partido que, se hoje possui força na região, deve parte disso ao trabalho dele. Porém, isso não permite deixá-lo à margem da cobrança que recai sobre um servidor público eleito pela população. Alheio às suas responsabilidades, José Candido pode fazer mais que frustrar seu eleitorado. Pode manchar sua biografia.

Silvio disse...

O PIOR VIRÁ SE DEIXAREM DE PRESENTE NA PROXIMA GESTÃO UM ABISSANRA !!